quinta-feira, 23 de junho de 2016

Dívida da Oi com bancos públicos preocupa governo

Na reunião que teve com ministros nesta quarta-feira para discutir a proposta de recuperação judicial da Oi,Michel Temer demonstrou preocupação com a dívida da tele com os bancos públicos.

Embora percentualmente represente uma pequena parcela do montante geral da dívida da empresa (8 bilhões de reais de um total de 50 bi), o risco de os bancos públicos levarem o calote parcial do que têm a receber é considerado um mal sinal no momento em que o governo adota o discurso do ajuste fiscal.

Por isso, ministros que participaram da conversa são peremptórios em dizer que, por mais que o governo tenha interesse em ajudar a viabilizar uma saída para a Oi, não haverá mais o aporte de um centavo público na empresa.

A conferir.

Radar-Online