domingo, 19 de junho de 2016

Dunga vai receber R$ 4 milhões de rescisão da CBF


Demitido pela CBF na última terça-feira, o técnico Dunga não terá do que reclamar, ao menos no quesito financeiro.

Conforme apurou o ESPN.com.br, o treinador deve receber cerca de R$ 4 milhões por causa do encerramento contratual com a confederação.

O salário de Dunga era de R$ 612 mil, na carteira de trabalho.

Após ser mandado embora, o treinador terá direito a quase R$ 2,5 milhões de rescisão na CLT, mais os depósitos e multa do FGTS, que ficariam acima de R$ 1,5 milhão.

Na conta da rescisão por dispensa sem justa causa, entram férias proporcionais e indenizadas, aviso prévio, 13º proporcional e impostos.

O treinador foi demitido na última terça, dois dias depois de eliminação precoce na fase de grupos da Copa América Centenário.

Para o seu lugar, a CBF já convidou o agora ex-corintiano Tite, que vai receber o mesmo salário que Dunga.