quinta-feira, 30 de junho de 2016

Itália, Estados Unidos e Colômbia desmontam cartel de tráfico de drogas

Uma megaoperação da Guarda de Finanças da Itália, da Polícia Nacional da Colômbia e da Drug Enforcement Administration (DEA) dos Estados Unidos desmantelou hoje (30) uma rede internacional de tráfico de drogas. Ao todo, 144 pessoas foram presas – sendo 33 na Itália e Colômbia – e cerca de 11 toneladas de cocaína foram apreendidas pelas autoridades dos três países. Se tivesse sido comercializada, a droga renderia cerca de 3 bilhões de euros (R$ 10,7 bilhões).

A operação, batizada de “Dois Mares”, descobriu que o comando da rede na Itália estava a cargo dos irmãos Franco e Giuseppe Cosimo Monteleone, figuras já conhecidas pelos investigadores do setor e expoentes do ‘ndrina – a fação da máfia Ndrangheta que tem ramificações no exterior. Já os narcotraficantes latinos atuavam na região de Plati, na Itália, e de lá gerenciavam todo o cartel.

De acordo com os investigadores, a rede tinha representantes também no Brasil, na Costa Rica, no Panamá, no Chile e na Venezuela. Os colombianos informaram ainda que, em seu país, alguns dos detidos eram membros do grupo guerrilheiro Exército de Libertação Nacional (ELN).