quinta-feira, 16 de junho de 2016

Veja o que cada político do RN recebeu, de forma ilícita, segundo Sérgio Machado

Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)
Durante o período que esteve na Transpetro, Machado diz ter repassado R$ 100 miilhões ao PMDB. Desse valor, R$ 1,55 milhão, da Queiroz Galvão, foram para o atual ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves.

Garibaldi Alves (PMDB-RN)
Também teria recebido R$ 200 mil da Queiroz Galvão em 2010 e R$ 250 mil da Camargo Corrêa em 2012.

Walter Alves (PMDB-RN)
O deputado, filho de Garibaldi, também recebeu R$ 250 mil da Queiroz Galvão, de acordo com Machado.

Agripino Maia (DEM-RN)
O senador teria recebido R$ 300 mil da Queiroz Galvão nas eleições de 2010.

Felipe Maia (DEM-RN)
O deputado, filho de Agripino, teria recebido R$ 250 mil da Queiroz Galvão em 2014