segunda-feira, 25 de julho de 2016

Aneel rejeita pedido da Renova para adiar operação de eólicas


A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) rejeitou um pedido apresentado pela empresa Renova Energia, que queria adiar o início das operações de nove parques eólicos em construção na Bahia.

Na apresentação do pleito, a Renova, que é uma das maiores empresas de geração eólica do país, justificou que enfrentou uma série de dificuldades nas obras. Houve demora na montagem mecânica dos geradores, segundo a empresa, por conta de problemas com o fornecimento dos componentes. A empresa alegou ainda que o processo de licenciamento ambiental também atrapalhou.