sábado, 9 de julho de 2016

Aplicativo vai facilitar doações de pessoas físicas para candidatos

Sem as doações empresariais, proibidas pelo Supremo Tribunal Federal, os candidatos só poderão contar com recursos do Fundo Partidário e de doações de pessoas físicas. Para sensibilizar o eleitor em relação à importância do seu voto e da sua participação no processo eleitoral, o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE) desenvolveu o aplicativo “Voto Legal”.

O aplicativo é parte dos trabalhos do MCCE para as Eleições 2016 e foi produzido em parceria com o APPCívico, além de ter contado com o apoio do Instituto Arapyau. A ideia é que a plataforma promova e facilite a doação de pessoa física para a campanha de candidatos, monitorando seu comportamento durante o período eleitoral.

O limite de doação é 10% da renda bruta auferida em 2015 e declarada ao Fisco. Os candidatos não vão pagar para usar a plataforma e poderão gravar um vídeo de cerca de três minutos para transmitir uma mensagem ao eleitor. A principal regra para ser aceito é ser “ficha limpa”. Além de fazer a doação, o eleitor poderá ver quanto seu candidato já arrecadou e quantas pessoas doaram em tempo real.