quarta-feira, 20 de julho de 2016

Crise econômica derruba consumo de carne vermelha no Brasil


A crise econômica pesou e os brasileiros estão abrindo mão da carne vermelha no dia a dia.

Os preços de vários tipos de corte, que em anos anteriores subiram mais do que a inflação devido o consumo aquecido, tiveram queda de janeiro a junho deste ano, segundo o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo).

A redução tem preocupado os frigoríficos, segundo a Abrafrigo (associação de frigoríficos).

Com a crise, os brasileiros, que comiam, em média, 36 quilos de carne por ano, passaram a consumir 32 quilos em 2016.

Em 2015, o preço das carnes teve alta de 12,48%, de acordo com o IPCA, o que levou os brasileiros a substitui-la por opções mais baratas.

Neste ano, embora a inflação esteja menor, o recuo continua, segundo a Abrafrigo, em função da queda do poder aquisitivo da população.