sábado, 30 de julho de 2016

Depois de onde de violência no RN, ministério da Justiça deve ser acionado

O ministério da Justiça deverá ser acionado para ajudar na tomada de decisões e envio de reforços ao Rio Grande do Norte. Esta é a segunda vez, em dezesseis meses, que o Rio Grande do Norte passa por uma onda de violência cujas ações são determinadas por facções criminosas dentro das unidades prisionais.

Em março do ano passado, motins simultâneos destruíram metade dos presídios estaduais, além de homens ligados às facções terem ateado fogo a ônibus em Natal e Região Metropolitana.

Tribuna do Norte