segunda-feira, 25 de julho de 2016

Eduardo Suplicy é preso


O ex-senador Eduardo Suplicy (PT) e candidato a vereador foi detido nesta segunda-feira (25) pela Polícia Militar após protestar contra reintegração de posse na Zona Oeste de São Paulo. Ele foi levado ao 75º DP, no Jardim Arpoador. Segundo a PM, o ex-parlamentar ele foi detido por resistência.

Desde o início da manhã desta segunda, moradores realizam protesto contra reintegração de posse de um terreno na Cidade Educandário, na região da Rodovia Raposo Tavares. Houve confronto e troca de tiros entre moradores que protestavam contra a ação e policiais militares. Segundo os moradores, o confronto começou porque uma criança que morava no bairro foi atingida por uma bomba de gás lacrimogêneo, o que causou revolta. Alguns moradores revidaram, queimaram pedaços de madeira e atiraram contra os agentes. Um PM que estava de colete foi atingido.

Ao todo, são 350 famílias que ocupam uma área que pertence à Prefeitura de São Paulo. O protesto teve início durante a madrugada e moradores montaram barricadas com colchões e madeiras nas entradas do terreno.

Por volta das 10 horas, os moradores ainda saiam do local com móveis, como geladeira, fogão, mesas e cadeiras. Eles afirmaram que foram avisados da decisão judicial na sexta-feira, 22, mas que não tinham para onde levar os pertences.