domingo, 3 de julho de 2016

Funaro gravou todo mundo

Por O Antagonista

A Veja informa que Lúcio Funaro calcula em R$ 100 milhões o total em propinas embolsadas por Eduardo Cunha de empresas que se beneficiaram da influência do peemedebista para abocanhar contratos com o governo.

A mando de Cunha, boa parte desse dinheiro foi transferido a caciques do PMDB e deputados do “Centrão” que apoiaram sua eleição para a presidência da Câmara.

O mais importante é que Funaro garante “ter gravado empresários e parlamentares que visitaram seu escritório em São Paulo para discutir os valores dos contratos e das respectivas propinas”.

“Gravação em vídeo.”