terça-feira, 12 de julho de 2016

Governo vai privatizar raspadinha e apostas em jogos pela internet

Na busca por uma bolada de R$ 55 bilhões para reforçar os cofres, o governo venderá o que for possível, avisa o secretário de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Mansueto Almeida. A lista inclui a Lotex, responsável pelas raspadinhas da Caixa Econômica Federal, e o sistema denominado SportingBet, que permite a pessoas do mundo inteiro apostarem em times e jogadores por meio da internet. Hoje, essas apostas são feitas em sites localizados nos Estados Unidos.

A avaliação da Lotex está a cargo de um grupo de instituições lideradas pelo Banco do Brasil Investimentos. A expectativa é de que o valor de venda da empresa seja fechado dentro de dois meses, pois o governo precisa detalhar na proposta de Orçamento de 2017, a ser enviada ao Congresso até o fim de agosto, tudo o que pretende arrecadar com privatizações e concessões. A promessa de Mansueto é de que a proposta orçamentária será realista e transparente.

A perspectiva é de que a Lotex e o SportingBet sejam vendidos em 2017, assim como a Caixa Seguridade, que reúne todas as participações que a Caixa detém no mercado segurador.