segunda-feira, 18 de julho de 2016

Legislação: modificar para mais empregar?

Em editorial, o jornal O Globo defende a reforma da legislação trabalhista e compara os contrários à mudança com radicais islâmicos.

“O pensamento dogmático, sectário, costuma resultar em violência. No universo das religiões, há os dramáticos exemplos de barbáries cometidas por frações do Islã radical, em várias partes do mundo. No Brasil e também em outros países, este tipo de fé religiosa cega, importada por grupos político-ideológicos, também obstrui aperfeiçoamentos legais favoráveis aos trabalhadores como um todo, mas denunciados como demoníacos ataques a alegados direitos trabalhistas.”

Segundo o jornal, as mudanças são necessárias e gerariam mais postos de trabalho. “Independentemente de várias medidas no campo macroeconômico, tudo o que tornar menos onerosa a criação de empregos é bem-vindo.”