sexta-feira, 29 de julho de 2016

“Nem a Sagrada Família era tradicional”, diz deputado federal Jean Wyllys


O deputado federal Jean Wyllys, representante do movimento LGBT na política, causou polêmica com religiosos na noite dessa quinta-feira(28). Em um evento no Recife para falar sobre o ‘Estatuto da Família’, o representante do PSOL disse que não concorda com o projeto de lei que diz que uma família é apenas a formada entre homem e mulher. O projeto proposto pelo pernambucano Anderson Ferreira foi aceito na época em que Eduardo Cunha (PMDB – RJ) era presidente da Câmara. Durante seu discurso no Recife, Jean disse que “Nem mesmo a Sagrada Família era tradicional”, fazendo um referência aos personagens bíblicos José, Maria e Jesus Cristo.

O parlamentar diz que de acordo com a bíblia, “Jesus não é filho de José”, já que Maria teria concebido o salvador através do espírito santo, sendo até então imaculada. De acordo com Jean, Jesus é filho do Espírito Santo e não de José. Ele diz que o carpinteiro então criou a criança como se fosse dele, mas que não necessariamente era o seu pai. Wyllys então argumentou que até mesmo a bíblia então seria contra o projeto de lei do deputado pernambucano.

Confira matéria completa do Jornal do Commercio clicando AQUI