quinta-feira, 28 de julho de 2016

Número de casos de microcefalia permanece estável

Nesta quinta-feira (28) a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) divulgou o novo boletim com os números da microcefalia no Rio Grande do Norte. Foram notificados 449 casos suspeitos de microcefalia relacionados às infecções congênitas. Desses, 329 são de nascimentos ocorridos em 2015, 109 são de nascimentos ocorridos até a semana epidemiológica nº29, terminada em 24 de julho, quatro foram de nascimentos ocorridos em 2014 e os demais estão entre os abortos e pré-natal. Num comparativo com o boletim da semana passada, houve a notificação de apenas um caso suspeito.

Do total de casos notificados, 201 estão sob investigação, 123 foram confirmados e 123 foram descartados (descartados por apresentar exames normais, por apresentar microcefalia e/ou malformações congênitas por causas não infecciosas ou por não se enquadrar nas definições de caso). Os municípios com maior número de casos permanecem Mossoró, Natal e Parnamirim.

Um total de 6,5% (29/449) das notificações evoluíram para óbito após o parto ou durante a gestação (abortamento espontâneo ou natimorto). Segundo a classificação, 38% (11/29) dos óbitos permanecem em investigação, 59% (17/29) foram confirmados e 03% (1/29) foram descartados.