domingo, 31 de julho de 2016

Papa reza para que Deus toque o coração de terroristas


O papa Francisco fez um apelo hoje (30) para que Deus “tocasse o coração dos terroristas”, em uma explícita menção aos atentados em série ocorridos em julho, sendo o último contra uma igreja na França, no qual um padre católico foi degolado.

“Toque o coração dos terroristas para que reconheçam o mal de suas ações e caminhem para a vida da paz e do bem, do respeito pela vida, da dignidade a cada homem, independentemente da religião, da proveniência, da riqueza ou da pobreza”, escreveu o papa em um bilhete de orações deixado na Igreja de São Francisco, na Cracóvia.

“Senhor, oremos a ti pelos que foram feridos nestes últimos anos de desumana violência. Crianças e jovens, homens e mulheres, idosos, pessoas inocentes envolvidas só por uma fatalidade do mal”, acrescentou Francisco.

Ele disse esperar que as “famílias atingidas pelas guerras encontrem a força e a coragem para continuarem sendo irmãs e irmãos para os outros, principalmente para os imigrantes”. A visita à Igreja de São Francisco, na Cracóvia, não estava prevista na agenda papal, que está em viagem oficial pela Polônia desde quarta-feira.