quinta-feira, 21 de julho de 2016

Prisão no Brasil de suspeitos de planejar atentado repercute pelo mundo

A prisão de um grupo suspeito de planejar um ataque terrorista durante a Olimpíada do Rio, que começa no próximo dia 5, repercutiu pelo mundo.

O canal CNN, por exemplo, informou com grande destaque na primeira página de seu site que o plano havia sido “frustrado”.

No início da manhã, o canal destacava em seu site a rejeição do recurso da Rússia por parte do CAS (Corte Arbitral do Esporte) em relação ao caso de doping.

Porém, logo depois que a prisão dos dez brasileiros suspeitos de planejar o ataque durante a Olimpíada foi informada pela mídia brasileira, a CNN mudou a sua manchete.

Na Inglaterra, o jornal “The Guardian” deu menos espaço ao assunto, mas também apresentou a notícia na principal página de seu site, dizendo que a “polícia brasileira prendeu um grupo ligado ao Estado Islâmico”.

O canal BBC, também da Inglaterra, deu destaque similar ao “The Guardian”.

Um dos principais jornais da Espanha, o “El País”, usou a notícia como manchete de seu site com a informação de que “o Brasil deteve várias pessoas que planejavam atentar contra os Jogos do Rio”.

Na Argentina, a notícia também repercutiu. O “Clarín”, um dos principais jornais do país, colocou a notícia entre os destaques do dia.

Folha Press