terça-feira, 26 de julho de 2016

Sarampo está eliminado do Brasil, diz Organização Mundial da Saúde

Após um ano sem o registro de casos de sarampo, a circulação endêmica do vírus da doença foi considerada interrompida no país, conforme informou hoje (26) a Organização Pan-Americana de Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS). De acordo com Ministério da Saúde, a expectativa é que, até o fm de 2016, o Brasil receba o certificado de eliminação do sarampo pela OMS. O documento reconhece a eliminação da transmissão da doença em todo o continente americano. A região será a primeira do mundo onde isso acontece. Em 2015, a rubéola também foi considerada eliminada.

Os últimos casos de sarampo no país foram registrados em julho do ano passado, em um surto de sarampo no Ceará. Na ocasião, a OpasOMS investiu R$ 1,2 milhão para apoiar os custos de ações para controle do surto e no recrutamento de 165 enfermeiros e auxiliares de enfermagem.