quinta-feira, 28 de julho de 2016

Seis meses após levar Puskás, Wendell deixa futebol aos 27 para virar ‘gamer’


Wendell Lira ouve seu nome, e a lágrima é instantânea. Atônito, pisa o palco sob olhares de reverência de uma constelação de craques. Num 11 de janeiro histórico, o goiano virou herói nacional ao conquistar o Prêmio Puskás de 2015, um Macunaíma do gol mais bonito do mundo. A honraria foi capaz de mudar sua vida, mas não suficiente para apagar suas desilusões no esporte. Quase 200 dias após desbancar até Lionel Messi em Zurique, na Suíça, o jogador de 27 anos abandonará o futebol para dar início a um novo sonho, agora no mundo dos games.

Em um evento na área VIP do Beira-Rio na tarde desta quinta-feira, o autor de uma pintura na vitória do Goianésia sobre o Atlético-GO, no Goianão do ano passado, anunciará o fim de sua carreira nos gramados. Migrará de um sonho a outro, para imergir de vez no mundo virtual. O agora ex-atacante lançará seu canal de games no YouTube. E passará a ser jogador profissional de videogame. CONFIRA TEXTO NA ÍNTEGRA AQUI

Globo Esporte