segunda-feira, 11 de julho de 2016

Theresa May se torna única candidata no Reino Unido


O primeiro-ministro britânico, David Cameron, vai renunciar na quarta-feira (13) e a ministra do interior, Theresa May, assumirá o poder em seguida, de acordo com a rede britânica BBC. Ela será a 1ª mulher a ocupar o cargo desde Margaret Thatcher.

Cameron anunciou que deixaria o posto após a opção que defende a saída do Reino Unido da União Europeia ganhar o referendo.
Em declaração na frente da sua residência oficial, na Downing Street, Cameron disse que irá oferecer sua renúncia à rainha na quarta-feira, no Palácio de Buckingham.

Nesta manhã de segunda-feira (11), a secretária de Estado de Energia, Andrea Leadsom, deixou a disputa pela liderança do Partido Conservador e abriu caminho para que May seja a sucessora de Cameron.

Em princípio, May, de 59 anos, disputaria a liderança com Andrea Leadsom, em uma votação dos cerca de 150 mil membros do Partido Conservador, e o resultado deveria ser anunciado em 9 de setembro.

Após a decisão de Leadsom deixar a disputa, o presidente do comitê do Partido Conservador, Graham Brady, um processo formal será realizado para confirmar a liderança de Theresa May, mas não precisou quanto tempo esse processo poderia levar.

May já era favorita na disputa. Na segunda rodada de votações, na quinta-feira (7), ela teve 199 votos, Leadsom conseguiu 84 e Gove, 46.