quarta-feira, 6 de julho de 2016

Tribunal espanhol condena Messi a 21 meses de prisão


Um Tribunal de Barcelona condenou o atacante do Barcelona Lionel Messi e seu pai a 21 meses de prisão cada um por três acusações de fraude fiscal, disse o comunicado do tribunal espanhol nesta quarta-feira, 06.

Além disso, Messi e seu pai, Jorge, foram condenados a multas de cerca de dois milhões de euros e 1,5 milhões de euros, respectivamente.

O atacante do Barcelona e seu pai foram acusados de fraudar 4,1 milhões de euros para o Tesouro espanhol entre 2007 e 2009, em um caso sobre direitos de imagem do jogador e a alegada utilização de empresas de fachada para ocultar tais rendimentos.

Normalmente, os condenados a menos de dois anos de prisão por crimes não violentos raramente vêm na prisão em Espanha.