domingo, 21 de agosto de 2016

Abono salarial ano-base 2014 pode ser sacado até 31 de agosto

O saque do abono salarial ano-base 2014 pode ser feito até o dia 31 de agosto. O novo prazo foi definido para possibilitar que os 149.110 servidores públicos e comissionados, que ainda não retiraram o benefício, possam fazê-lo. O valor é de um salário mínimo (R$ 880) e está disponível em qualquer agência do Banco do Brasil.

São Paulo é o Estado com o maior número de trabalhadores que não sacaram o abono. O total de 17.255 pessoas ainda não retiram o benefício. O segundo estado é Minas Gerais (14.008), seguido do Rio de Janeiro (11.540) e da Bahia (10.686).
O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pede o apoio de empregadores e entidades sindicais para que ajudem na divulgação: ´Precisamos fazer com que a informação chegue ao maior número possível de pessoas porque esse é um benefício importante e é um direito do trabalhador´, diz.

Têm direito ao abono salarial os servidores públicos e comissionados que ainda estão trabalhando ou que tenham se aposentado, mas exercido atividade remunerada durante pelo menos 30 dias em 2014.Também é necessário que o trabalhador tenha recebido até dois salários mínimos, por mês, nesse período. Outro critério é estar cadastrado no PASEP, há pelo menos cinco anos, e ter tido seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício pela internet, inserindo CPF ou número do PIS/Pasep e data de nascimento.