sábado, 6 de agosto de 2016

Berlusconi vende Milan a grupo chinês por R$ 2,6 bilhões


O presidente e proprietário do clube, Silvio Berlusconi, assinou ontem a venda a um clube chinês de 99,93% do clube por 740 milhões de euros (cerca de R$ 2,635 bilhões).

O acordo exige o investimento de 350 milhões de euros (cerca de 1,246 bilhão) em melhorias na equipe pelos próximos três anos, além de ter cedido participação em um fundo de investimento de uma estatal chinesa, segundo informou a Fininvest, braço do grupo Berlusconi.

Berlusconi comprou o time em 1986 e conduziu-o a sua época mais gloriosa: foram 28 títulos em 30 anos, sendo oito do Campeonato Italiano e cinco da Liga dos Campeões.