segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Boxeador da Namíbia é preso por estuprar camareira na Vila Olímpica


Mais um atleta estrangeiro do boxe acusado de estupro de uma camareira na Vila Olímpica. O boxeador da Namíbia Jonas Junius, de 22 anos, da categoria médio ligeiro, foi detido nesta segunda-feira (8) por agentes da 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes) após ser denunciado pela vítima.

A delegada Carolina Salomão disse à rádio CBN que o atleta agarrou e beijou a camareira e ofereceu dinheiro para que ela mantivesse relação sexual com ele. A vítima procurou a polícia em seguida.

O boxeador foi levado para a delegacia, onde foi autuado, e será encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Jonas Junius lutaria na noite de quinta-feira com o atleta francês Hassan Anzille, no Pavilhão 6 do Riocentro.

Na sexta-feira, o boxeador marroquino Hassan Saada, foi preso após estuprar duas camareiras que trabalhavam no local. Ele teria tentado beijar as duas, usando sua força para impedir que elas reagissem, segundo informações do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.