terça-feira, 16 de agosto de 2016

Decepcionada, Fabiana Murer chora após ficar em último no salto com vara


Chorando copiosamente após errar todas as tentativas de salto, a brasileira Fabiana Murer, tida antes dos Jogos Olimpícos do Rio 2016 como maior esperança de medalha para o atletismo brasileiro, acabou eliminada hoje (17) ainda na fase classificatória do salto com vara, ficando na última posição da competição.

Foi a terceira tentativa frustrada de Fabiana em Olimpíada. Em 2008, em Pequim, ela despontava como revelação do esporte e perseguia as líderes na prova quando uma de suas varas sumiu por culpa dos organizadores, afetando seu desempenho. Quatro anos depois, em Londres, a brasileira sentiu-se afetada pelos fortes ventos e também não participou da final.

Com 35 anos, chegando ao Rio com a bagagem de ter sido duas vezes campeã mundial e ter chegado ao número um do ranking, e obtido a segunda melhor marca do ano no esporte, Fabiana, no entanto, não conseguiu encaixar seus saltos. Diante de uma plateia que a ovacionava, ela derrubou o sarrafo nas três tentativas de superá-lo a 4m30 do chão.