sábado, 27 de agosto de 2016

EI exibe assassinato de cinco curdos por crianças-soldado


O Grupo jihadista Estado Islâmico (EI) divulgou nesta sexta-feira um novo vídeo de propaganda no qual exibe o assassinato de dez pessoas, cinco delas mortas por crianças-soldado, uma delas provavelmente britânica.

No vídeo, de autenticidade ainda não confirmada, os menores atiram nas cabeças de cinco supostos curdos. A gravação tem cerca de nove minutos de duração e identifica os cinco carrascos como Abu Ishaq, egípcio; Abu Abdallah, britânico; Abu al Barah, tunisiano; Abu Fouad, curdo, e Youssef, uzbeque.

As imagens mostram o assassinato de outras cinco pessoas por cinco homens armados e encapuzados. No vídeo, o EI ameaça os países da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos, responsável por diminuir consideravelmente o território dominado pelo grupo jihadista na Síria e no Iraque.

A divulgação do vídeo coincide com a perda, por parte dos jihadistas, da região petrolífera iraquiana de Al Qayara, cuja libertação foi anunciada na quinta pelo exército do Iraque. A vitória das forças ocidentais abre caminho para a recuperação de Mossul, o principal reduto do EI no país.

EFE