terça-feira, 16 de agosto de 2016

Estudo aponta morosidade do SUS na detecção do câncer de mama


Estudos apresentados no Fórum Estadão Saúde, realizado na quarta-feira, em São Paulo, apontou que o número de diagnósticos de câncer de mama nos estágios mais iniciais é duas vezes maior na rede privada do que na pública. Segundo especialistas, a diferença está relacionada a dificuldades de acesso a exames de detecção e demora no início do tratamento pelo SUS.