terça-feira, 2 de agosto de 2016

Ex-prefeita Micarla de Sousa é condenada a 16 anos de prisão


A ex-prefeita de Natal, Micarla de Sousa, foi condenada a 16 anos, 6 meses e 10 dias de prisão, inicialmente em regime fechado, pelos crimes de desvio de recursos públicos e associação criminosa. A sentença foi assinada por Walter Nunes da Silva Júnior, juiz federal titular da 2ª Vara. Além de Micarla de Sousa, que governou Natal de 2009 a 2012, foram condenados o ex-marido dela, o radialista Miguel Weber; o ex-procurador do Município, Alexandre Magno Alves de Souza; o ex-secretário municipal de Saúde, Thiago Trindade; o ex-secretário municipal de Planejamento, Antônio Luna.

Também foram condenados: Francisco de Assis Rocha Viana, Bruno Macedo Dantas, Carlos Fernando Pimentel Bacelar Viana e Anna Karina Cavalcante da Silva. O juiz também determinou o bloqueio de aproximadamente R$ 4 milhões dos condenados como forma de ressarcimento dos cofres públicos. Os condenados foram denunciados na Operação Assepsia, deflagrada pelo Ministério Público Estadual em 2012. Todos os condenados ainda podem recorrer da sentença do juiz federal Walter Nunes.