segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Governo e Forças Armadas discutem atuação no RN


A cúpula da Segurança Pública do Rio Grande do Norte esteve reunida durante a manhã desta segunda-feira (1º) com representantes do Exército Brasileiro para discutir o apoio das forças armadas no enfrentamento aos atos de vandalismos que estão ocorrendo desde a sexta-feira (29) no estado. Neste domingo (31), o presidente Michel Temer atendeu ao pedido do governador Robinson Faria e garantiu o reforço de 1.200 homens das forças armadas, sendo mil homens do Exército e 200 fuzileiros navais, para atuar no RN.

O secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), Ronaldo Lundgren, participou do encontro acompanhado do delegado geral da Polícia Civil, Cleiton Pinho, do comandante do Corpo de Bombeiros Militar do RN, coronel Otto Ricardo Saraiva de Souza e o comandante geral da Polícia Militar do RN, coronel Dancleiton Pereira Leite, além do comandante da 7a Região Militar do Exército, sediada em Recife (PE), general Márcio Heise, comandante da 7a Brigada de Infantaria Motorizada, general Jaime Queiroz e comandantes de batalhões do Rio Grande do Norte e da Paraíba.

As forças armadas vem somar às ações policiais que estão sendo realizadas pela Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) por meio das Polícias Militar e Civil. Uma nova reunião deverá ocorrer até o fim da tarde desta segunda-feira (1), reunindo o governador Robinson Faria e militares do Exército e Marinha do Brasil para definir os detalhes operacionais de apoio.