quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Ministro da Justiça diz que Brasil precisa de mais armamento e causa polêmica


Em declaração na Cidade da Polícia, no Rio de Janeiro, na terça-feira (16), o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, afirmou que o Brasil precisa de menos pesquisa em segurança e mais armamento. As palavras do ministro, claro, causaram polêmica.

Para o sociólogo e coordenador do Centro de Estudos de Criminalidade e Segurança Pública (Crisp/UFMG), Claudio Beato, o ministro demonstrou uma “ignorância atroz” em relação ao funcionamento da segurança pública e da própria indústria bélica.

“Não existe desenvolvimento sem pesquisa. Nem a indústria da guerra prescindiu em algum momento da história mundial do conhecimento acadêmico. Não há como uma coisa funcionar sem a outra. Inclusive, a nossa indústria bélica precisa muito de pesquisa para desenvolver armamentos melhores para os nossos policiais”, comenta Beato.