sábado, 13 de agosto de 2016

RN pede permanência de militares por mais 30 dias

O governador Robinson Faria solicitou a prorrogação da permanência das Forças Armadas no Rio Grande do Norte por, no mínimo, mais 30 dias. Segundo o chefe do Executivo Estadual, a expectativa é que o efetivo de 1.200 militares do Exército, da Marinha e da Força Aérea permaneça na capital potiguar até que a instalação dos bloqueadores de sinal de telefonia celular seja concluída nas unidades prisionais do RN. Robinson adiantou que, se nesse prazo de mais 30 dias, os trabalhos não forem concluídos pedirá nova prorrogação por mais um mês.

Robinson confirmou o pedido ontem (12), antes de participar assinatura de convênios do programa RN Sustentável, no Centro Administrativo. De acordo com ele, o pedido foi encaminhado ao ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, durante reunião realizada esta semana em Brasília. “Já pedi ao ministro Eliseu Padilha a prorrogação da presença das Forças Armadas. É o tempo que nós teremos para instalar nos demais presídios do Estado os bloqueadores (de sinal de telefonia celular). É um projeto que começamos e que vamos terminar. Pedi por um mês e depois vamos pedir por mais um mês”, afirmou à Tribuna do Norte.