quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Seleção feminina garante a 1ª posição e enfrenta algoz da Copa nas quartas


A seleção feminina de futebol fez o suficiente para garantir a primeira colocação no Grupo E, nesta terça-feira (9). Diante da África do Sul, o Brasil empatou em 0 a 0, em Manaus, e agora terá uma revanche nas quartas de final.

Com a vitória da Austrália sobre o Zimbábue, por 6 a 1, a equipe da Oceania garantiu um lugar na próxima fase como o melhor terceiro lugar, e os Jogos Olímpicos do Rio terá uma reedição das oitavas de final da Copa do Mundo feminina de 2015 na próxima sexta.

Naquela ocasião, as brasileiras foram derrotadas por 1 a 0 e deram adeus à competição precocemente após uma fase de grupos impecável, com três vitórias em três jogos e nenhuma gol sofrido.

A campanha do Brasil até agora também é boa na Olimpíada, mas poderia ser melhor se o técnico Vadão não poupasse as principais jogadoras no jogo desta terça.


Sem Marta, Formiga e Cristiane, que iniciaram no banco de reservas, as brasileiras tiveram dificuldades na articulação das jogadas no primeiro tempo e tentaram muitos chutes de fora da área, o que facilitou o jogo para as sul-africanas.

Com a possibilidade de fazer a melhor campanha do Brasil na história dos Jogos, o treinador promoveu a entrada de Marta, que levou as arquibancadas ao êxtase a cada toque na bola.

O jogo melhorou, mas a goleira Barker impediu a terceira vitória seguida da seleção.

Foram inúmeros chutes a gol, mas a bola insistiu em não entrar. Nada que fizesse com os os torcedores que compareceram à Arena da Amazônia desanimassem.

Na saída de campo, as jogadoras foram aplaudidas e receberam apoio dos manauaras para seguirem rumo a Brasília, onde a equipe masculina não teve sorte e foi muito criticada nos dois empates.

FolhaPress