segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Sem quórum, votação da dívida dos Estados é adiada


O líder do governo na Câmara dos Deputados, André Moura (PSC-SE), afirmou nesta segunda-feira, 22, que os três destaques ao projeto da renegociação da dívida dos Estados com a União só serão votados no plenário da Casa nesta terça-feira, 23, após a sessão do Congresso Nacional. A votação foi adiada para garantir que haverá quórum suficiente para concluir a votação da proposta.

O deputado afirmou ainda que os estudos do governo sobre um possível socorro a Estados do Norte e Nordeste não vão interferir na votação. “O governo está estudando, o Ministério da Fazenda também está estudando uma proposta, dentro das possibilidades. Mas não é nada que interfira na votação, nada (que será dado) em troca da votação”, disse.