sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Alto índice de indecisos pode contrariar tendências apontadas por pesquisas

A crise política e as mudanças nas regras das disputas eleitorais deste ano nos municípios provocaram impacto na vida dos candidatos e pode se refletir também nas intenções de votos dos eleitores. Embora favoritos de algumas capitais tenham se mantido em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de voto, cientistas políticos avaliam que o voto dos eleitores nesse pleito tende a ser mais volátil e, por isso, há uma tendência de que os resultados sejam surpreendentes em relação às pesquisas eleitorais.

A três dias do primeiro turno das eleições, o índice de desinteressados aparece alto em alguns municípios. Na última semana, um levantamento divulgado pelo Instituto de Pesquisa Maurício de Nassau (IPMN), no Recife, mostrou que 55% dos entrevistados responderam não ter interesse no pleito municipal deste ano.