sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Arrecadação do governo cai 10,1% e tem pior agosto desde 2009

A retração econômica voltou a derrubar as receitas do governo federal com impostos, que somaram R$ 91,8 bilhões e tiveram queda real (retirado o efeito da inflação) de 10,12% em agosto na comparação com o mesmo mês do ano passado, divulgou nesta quinta-feira (29) a Receita Federal.

Foi o pior agosto desde 2009, quando a arrecadação somou R$ 85,1 bilhões. No acumulado do ano, quando a arrecadação totalizou R$ 816,4 bilhões, a queda é de 7,45% na comparação com o mesmo período do ano passado -pior período período entre janeiro e agosto desde 2010.

A arrecadação específica de tributos da Receita Federal, que somou R$ 90,1 bilhões em agosto, caiu 10,15% na comparação com agosto de 2015. No acumulado do ano, os R$ 800 bilhões representaram um recuo de 6,91% em relação ao ano passado. Em julho, o Tesouro estimava que a carga tributária associada à arrecadação de tributos da Receita era de 12,7%, depois de chegar ao pico de 14,5% em novembro de 2011.

Folha Press