terça-feira, 6 de setembro de 2016

Candidatos a vereador longe do favoritismo

Tem sido difícil para qualquer candidato (a) a vereador se tornar favorito, como antes, em Japi – na campanha eleitoral deste ano.

Essa relativa apatia vai esbarrar nas urnas. Terá sua comprovação por lá. Há desalento com política e políticos.

A insegurança, restrição à propaganda, recursos mais limitados e menos inocentes úteis soltos concorrem ainda para esse quadro. Isso é uma evolução, mesmo que pareça diferente para muita gente.

No passado era tudo muito mais lúdico e festivo. Passional, visceral.

Mas, nada será como antes.

Ainda bem.