terça-feira, 13 de setembro de 2016

Crédito consignado para servidores do RN está suspenso

Os empréstimos em consignação para os servidores públicos do Rio Grande do Norte, com desconto na folha de pagamento, estão suspensos, momentaneamente, em decorrência do fim do termo de cooperação que o governo estadual mantinha com o Instituto Brasil Cidades.

O secretário estadual da Administração e Recursos Humanos, Cristiano Feitosa, explicou que o contrato com o Instituto Brasil Cidades expirou em 28 de agosto, motivo pelo qual a empresa subcontratada R2A Soluções Inteligentes também deixou de fornecer o software Progesc, usado para a administração da atividade de controle da margem consignável dos funcionários públicos, ativos e inativos, do Estado.