quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Pagamento do Governo do Estado está indefinido


Com uma frustração de receita acumulada de R$ 321,5 milhões no decorrer deste ano, o Governo do Estado não tem, ainda, previsão para o início do pagamento da folha salarial do mês de setembro dos 100.258 servidores públicos, ativos e inativos, das administrações direta e indireta. A informação é destaque na Tribuna do Norte.

O secretário estadual do Planejamento e das Finanças, Gustavo Maurício Filgueiras Nogueira disse que “a situação financeira do Estado continua muito delicada e ainda não há previsão do pagamento do funcionalismo público”, o que inclui 10.558 pensionistas. Diante desse quadro, segundo o secretário, “o governo segue acompanhando o comportamento das receitas para anunciar em breve as datas do pagamento dos servidores”.

Atualmente, a folha líquida de pessoal do Estado importa em R$ 424,75 milhões, que acrescida da contribuição previdenciária, em torno de R$ 54,8 milhões, totaliza em R$ 479,6 milhões. Desde julho que o Governo do Estado vem pagando o funcionalismo público de acordo com a faixa salarial do servidor. A folha de agosto levou 26 dias para ser concluída. Ontem (26), foram pagos os salários de 754 pensionistas, que ganham acima de R$ 9 mil, com uma folha de R$ 12,033 milhões e proventos no valor médio de R$ 15,9 mil.