sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Um recado aos excitadinhos


Este blogueiro lamenta a compulsão que algumas pessoas têm para promover a desagregação através da fofoca. E instalar, com comentários inoportunos o mal estar e a intriga.

Buscam, mas sem sucesso. Pois chovem neste blog, com abundância, a verve do mal através de comentários maldosos e tendenciosos. Finjo que eles não existem. Os mais “excitadinhos” ficam fera da vida porque não dou a mínima atenção. Tiro de letra o perfil delator e fofoqueiro. Raras vezes responda somente para deixá-los mais irados ainda.

Seus alertas e mensagens – quer sejam através de e-mails ou comentários – nunca têm viés positivo.

Muito pelo contrário. Eles são, na realidade, emissários de conteúdos atirados com alvo certo: tentar tirar sua tranquilidade.

Este blogueiro exerce o direito de liberdade de expressão. Mas, alguns leitores (uma minoria, felizmente) se incomodam com o que escrevo e acabam querendo impor outras verdades.

Não cedo a pressões por nada nesse mundo. Nunca pensei em desistir deste blogue. Para deixar um bandinho de Zé Ruelas feliz da vida?

Nunca.

Meus leitores sabem – há muitos anos – que vozes de burro não chegam.