terça-feira, 18 de outubro de 2016

Aliados querem Alckmin na presidência do PSDB em 2017


Apesar de resistir à proposta, o governador de São Paulo Geraldo Alckmin deve presidir o PSDB a partir de 2017.

Políticos de outras siglas e tucanos defendem que Alckmin reivindique a presidência, atualmente sob comando do senador Aécio Neves, quando o mineiro concluir o seu mandado à frente do partido.

Segundo os ‘alckmistas’, o comando do PSDB ajudaria o tucano a ganhar protagonismo fora de São Paulo, possibilitando-o a disputar a Presidência da República em 2018.

Contudo, segundo informações da coluna Painel da Folha de S.Paulo, o governador ainda resista à proposta. Ele argumenta que seria difícil conciliar a gestão de São Paulo e a presidência da sigla.