segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Após série de insultos mútuos, Hillary é apontada como vencedora de debate


O baixo nível dos ataques pessoais, que marcou o segundo debate entre os candidatos à Presidência dos Estados Unidos ontem à noite, fez veículos americanos classificarem o encontro como “o pior da História” do país ou um “show de horrores”. As questões sexuais de Donald Trump e do marido de Hillary Clinton, o ex-presidente Bill Clinton, dominaram os primeiros 20 minutos do encontro. O magnata também chegou a dizer que a democrata deveria ser presa, enquanto ela acusava o oponente de ser sexista e de mentir ao pedir desculpas. Segundo a pesquisa de opinião da CNN/ORC feita após o debate, 57% dos espectadores afirmaram que Hillary foi melhor, e 34% acharam Trump como tendo melhor desempenho. Hillary foi avaliada com desempenho melhor que o esperado por 39% deles, e pior por parte de 26%. Já Trump foi melhor para 63%, e pior para 21%.

Foto Reuters e informações do O GLOBO