segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Avicultura se apresenta como negócio viável no Rio Grande do Norte


A avicultura caipira é a atividade que mais cresce dentre todas as atividades da pecuária no Nordeste e o Rio Grande do Norte tem um grande potencial para expandir este setor típico de pequenas propriedades rurais. No início da década de 2000, poucos estados – Paraíba, Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte – desenvolviam a atividade, que espalhou-se por todo o Nordeste, onde atualmente existe algo em torno de 1,4 milhão de aves caipiras, sendo a Paraíba um dos mais tradicionais na atividade há 17 anos, hoje com um plantel de 250 mil aves.

A expectativa é de crescimento porque, a partir do próximo ano, empresas da Bahia e São Paulo investirão no sistema de integração com os produtores paraibanos. As boas práticas da avicultura caipira na Paraíba foram apresentados pelo consultor técnico do Sebrae-PB, médico veterinário Vicente de Assis Ferreira, durante um seminário no Espaço Empreendedor Rural, estruturado pelo Sebrae no Rio Grande do Norte durante a Festa do Boi, em Parnamirim.