sábado, 29 de outubro de 2016

Eleições municipais deste ano custarão R$ 650 milhões, estima TSE

As eleições municipais deste ano deverão custar cerca de 650 milhões, o equivalente a R$ 4,5 por eleitor, aproximadamente, de acordo com balanço divulgado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) neste sábado. O país conhecerá 57 novos prefeitos, eleitos em segundo turno, que será realizado neste domingo.

Ao todo, 32,9 milhões de brasileiros estão aptos a ir às urnas neste domingo, sendo 17,7 milhões de homens e 15,2 milhões de mulheres, além de 22,8 mil cujo sexo “não foi informado”, segundo o TSE. Pertencentes a faixas etárias em que o voto não é obrigatório, há 248 mil eleitores entre 16 e 17 anos e outros 2,6 milhões, com 70 anos ou mais.

Cada uma das 90,5 mil urnas que serão usadas custou R$ 2,2 mil. Trabalharão neste domingo 332,6 mil mesários e 151,8 mil voluntários. O Tribunal estima que cada eleitor demore de 40 segundos a 1 minuto para escolher seu candidato.

As forças federais atuarão em 12 localidades de cinco Estados: Ceará, Maranhão, Paraná, Amazonas e Rio de Janeiro. A capital fluminense reúne o maior colégio eleitoral deste segundo turno, com 4,9 milhões de pessoas. O menor é o de Santa Maria, município que possui 203 mil eleitores.