segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Hamilton vence no México e iguala recorde de Prost


O inglês Lewis Hamilton conquistou uma vitória importante neste domingo (30) no GP do México. O piloto da Mercedes largou na frente e não teve concorrência para vencer pela oitava vez neste ano e pela 51ª na carreira.

O número é simbólico para Hamilton: com este triunfo ele empata em segundo lugar na história da Fórmula 1 com o tetracampeão Alain Prost, que entre 1980 e 1993 também conquistou 51 vitórias.

Além disso, Lewis também diminuiu a diferença para Nico Rosberg no campeonato. O alemão não conseguiu fazer um bom final de semana, mas ainda assim salvou um segundo lugar ao fim da prova segurando os ataques de Max Verstappen.

A diferença entre os dois pilotos da Mercedes no mundial agora está em 19 pontos, o que significa que Rosberg pode ser campeão na próxima corrida, no Brasil, se vencer.

Em boa corrida, Max Verstappen completaria o pódio após pressionar Nico Rosberg durante todo o GP. O alemão teve de ser habilidoso durante a prova com os retardatários para não ser pego pelo holandês – que tentou uma ultrapassagem na curva 3 a certa altura, mas não conseguiu.

Sebastian Vettel, que foi o quarto na pista, ganhou a posição de Verstappen após o piloto holandês ser punido pela direção de provas no fim do GP por ter contado a primeira curva se defendendo do ataque de Vettel. Ricciardo subiu para quarto e Verstappen foi o quinto depois de ter 5s acrescidos no tempo de prova.

Felipe Massa fez corrida opaca. Ele passou a primeira volta em sexto, mas acabou ficando com o nono lugar no fim da prova. Já Felipe Nasr, único a largar com os pneus médios, fez uma parada apenas no fim da prova e chegou na 16ª posição.