terça-feira, 11 de outubro de 2016

MEC determina limite de 16 escolas potiguares no programa de Ensino Médio em tempo integral

O Ministério da Educação (MEC) publicou na edição desta terça-feira, 11 de outubro, do Diário Oficial da União (DOU) a portaria que institui o programa de fomento e implementação do tempo integral no Ensino Médio das escolas públicas. Em todo o Brasil, 572 escolas públicas poderão ser habilitadas. Na divisão feita pelo MEC, o RN poderá ter até 16 escolas públicas com ensino médio em tempo integral pelo programa.

Das 257.400 vagas em todo o país, 7.200 são destinadas aos alunos no RN. A expectativa do Governo Federal é que, até o ano 2024, 50% dos alunos matriculados cumprirão jornada escolar em tempo integral de, no mínimo, sete horas por dia.

Em entrevista no dia 30 de setembro, o secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Rosseli Soares, disse que o ministério vai repassar aos estados R$ 2 mil ao ano por aluno da educação integral pelo período de quatro anos. De acordo com o Ministério da Educação, a pasta investirá R$ 1,5 bilhão para ofertar o ensino integral a 500 mil jovens até 2018.

De acordo com a portaria, nos planos de implementação apresentados pelas secretarias de educação dos estados, a carga horária curricular deve ser de, no mínimo, 2.250 minutos semanais, com um mínimo de 300 minutos semanais de Língua Portuguesa, 300 de Matemática e 500 dedicados a atividades da parte flexível.