segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Motorista atropela 7 pessoas no Templo de Salomão em SP; 2 morrem



Duas pessoas morreram e cinco ficaram feridas na tarde deste domingo (16) em um acidente no estacionamento do Templo de Salomão, da Igreja Universal, no Brás, região central de São Paulo. VÍDEO AQUI

Uma mulher, que chegava de carro –um Sandero prata– para participar do culto por volta das 18h, perdeu o controle da direção do veículo que manobrava no estacionamento e avançou contra os fiéis que esperavam para entrar no templo.

Em nota, a Igreja Universal informou que sete pessoas foram atropeladas e que imediatamente acionou apoio médico aos feridos. Ao menos 11 equipes dos bombeiros foram ao local para prestar socorro aos feridos.

A policial militar aposentada Iraci da Silva Fabri, 48, e Rosimeire Rodrigues Gunter, 39, chegaram a ser levadas para o Hospital das Clínicas, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. Os outros feridos foram encaminhados para hospitais das Clínicas, Tatuapé, Vila Alpina e Ipiranga.


O caso foi registrado no 8º DP (Brás) onde a motorista, identificada apenas como Dilza, afirmou à polícia que o carro, que funciona com câmbio automático, sofreu uma pane. Segundo ela, o veículo deu um tranco e acelerou sozinho.

TEMPLO DE SALOMÃO

Localizado no Brás (região central), o Templo de Salomão, com 75.948 metros quadrados, é o maior da cidade. Tem área construída 13 vezes maior que a da Catedral da Sé (5.700 metros quadrados).

A edificação é capaz de receber até 10 mil pessoas sentadas e, segundo a Universal, custou R$ 680 milhões. A arquitetura tenta reproduzir o que teria sido o templo bíblico de mesmo nome.

O templo teria IPTU anual de cerca de R$ 3 milhões por ano. Cercado de polêmica desde sua inauguração em 2014, o local ainda não tem alvará definitivo. Sem isenção até o momento, o Templo de Salomão consta como devedor de R$ 7,6 milhões em IPTU. Segundo a Universal, a imunidade está em análise pela prefeitura.