quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Planalto inclui retrato de Dilma na galeria de ex-presidentes do palácio


O retrato oficial da ex-presidente Dilma Rousseff foi incluído na tarde desta terça-feira (11) na galeria dos ex-presidentes da República, localizada no andar térreo do Palácio do Planalto.

Apesar de ter sido afastada da Presidência por meio de um processo de impeachment em 31 de agosto, Dilma ainda não havia sido incluída no rol dos ex-chefes de Estado.

A moldura com a fotografia da petista vestindo a faixa presidencial, informou o Planalto, segue o padrão das imagens dos antecessores. A imagem da ex-presidente é preto e branca e está sob uma placa de vidro. A moldura contém ainda a data de nascimento da petista: 14 de dezembro de 1947.

Ao lado de Dilma na galeria está seu padrinho político, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que comandou o país entre 2003 e 2010. O retrato da petista foi pendurado embaixo da fotografia do ex-presidente Gaspar Dutra. Ele governou o Brasil entre 1946 e 1951.


Em outra placa da galeria de ex-presidentes, o cerimonial do palácio exibe os períodos dos mandatos dos ex-presidentes da República. O mandato de Dilma ainda não foi atualizado integralmente no painel.

Até o momento, há registro apenas da data em que ela iniciou seu primeiro mandato, 1º de janeiro de 2011, sem a indicação do dia em que ela foi afastada definitivamente da Presidência.

Foto oficial de Temer

A assessoria da Presidência informou que o presidente Michel Temer cogita fazer um retrato oficial para ser pendurado nas repartições públicas federais.

A fotografia deverá ser colorida, seguindo o padrão estipulado para quem está com mandato em vigor.