segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Prefeitos eleitos terão de lidar com a falta de recursos nos municípios


Dados levantados pela Frente Nacional de Prefeitos (FNP) mostram que as dívidas dessas cidades somam R$ 63 bilhões. Apenas a cidade de São Paulo, que passará a ser comandada pelo tucano João Doria, deve R$ 29 bilhões.

Em junho, animado com o acordo que o governo federal fechou com os estados, o presidente da FNP, o prefeito de Belo Horizonte, Márcio Lacerda, veio a Brasília para um périplo institucional. Tomou muito café, conversou com muita gente, mas, de concreto, não conseguiu nada.