terça-feira, 4 de outubro de 2016

Temer diz que votos nulos e abstenções pressionam por reforma política no país

Ao chegar ao Paraguai para sua primeira visita bilateral ao país nesta segunda (3), o presidente Michel Temer disse que o “número imenso” de abstenções e de votos brancos e nulos mostra a “necessidade indispensável” de passar uma reforma política no Congresso.

Temer, que já havia falado sobre essa relação em sua escala em Buenos Aires, nesta segunda (3), indica que deve aproveitar esses números para tentar avançar o debate sobre a reforma política no parlamento.

“Devo registrar uma preocupação: acabei de verificar um número imenso de abstenções, votos em branco e nulos , o que revela o que ouso dizer a indispensável necessidade de uma reforma política do país”, disse Temer. “Algo que penso que o Congresso Nacional deve cuidar com muita propriedade.”

Só em São Paulo, 34,7% dos eleitores aptos a votar não foram às urnas ou votaram em branco ou nulo.

FOLHA