segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Temer nega haver aliança do PMDB e PSDB para 2018


O presidente Michel Temer afirmou que “não há nada disso” sobre uma eventual aliança política do PMDB com o PSDB com o foco nas eleições presidenciais de 2018. “Nos temos uma base de mais de 20 partidos e é natural que haja muitas vezes uma ou outra informação”, disse. “Ela (a eventual aliança) é extremamente prematura porque essas coisas só serão cogitáveis no final do ano que vem.”

Temer destacou que para a eleição de 2018, “não há nenhuma previsão para esta espécie de aliança”. Segundo o presidente, “o que há é aproximação com todos os partidos da base aliada que permitiriam ao governo ter uma vitória muito significativa”, na votação da PEC dos gastos no primeiro turno na Câmara Federal. E esse fato, segundo o presidente, teve repercussão interna e “posso perceber também no exterior.”