terça-feira, 18 de outubro de 2016

Tite garante “bom senso” para fazer convocação em meio ao Brasileirão


A próxima convocação de Tite para as eliminatórias pode interferir indiretamente no rumo do Brasileirão. No começo de novembro, o treinador selecionará os jogadores para as partidas contra Argentina e Peru, nos dias 10 e 16 do mesmo mês, respectivamente. Durante este período, o campeonato nacional não será interrompido. Assim, corre o risco de o treinador desfalcar times que disputam o título, como Palmeiras, Flamengo e Atlético-MG.

De acordo com Tite, ele não deixará de chamar jogadores destes times, já que o principal objetivo é uma vaga na Copa de 2018, mas terá “bom senso” para tentar equilibrar as ausências na reta final do torneio.

Sim, vou sempre considerar (a situação do Brasileirão). Profissional e humanamente. Sem prejuízo à seleção brasileira e ao objetivo de classificação. Não vou baixar a guarda, absolutamente. Vou ser, na medida do possível, coerente. Se tiver um lateral-direito da equipe do Palmeiras e um lateral-direito da equipe do Atlético-MG, e o Gabriel já estiver convocado, vai o do Atlético-MG, porque vai gerar equilíbrio técnico. Tenho bom senso em relação a isso. Sem ter prejuízo à Seleção, porque é a minha prioridade – disse o treinador.

No intervalo dos dias em que haverá jogos da Seleção em novembro, Atlético-MG e Palmeiras se enfrentam em Minas Gerais, enquanto o Flamengo joga contra o América-MG, fora de casa.

Nas últimas convocações, dos jogadores que atuam no Brasil, Tite chamou Marcelo Grohe, Pedro Geromel (Grêmio), Rodrigo Caio (São Paulo), Alex Muralha (Flamengo), Weverton (Atlético-PR), Fagner (Corinthians), Lucas Lima (Santos), Rafael Carioca (Atlético-MG) e Gabriel Jesus (Palmeiras).